Os pilares da vida

Já tem uns anos que venho refletindo sobre alguns pilares da vida que julgo altamente necessários para ter uma vida de qualidade.

Tudo isso se intensificou este ano, sobretudo, quando passei a fazer terapia a partir de abril. Sempre fui muito questionadora. Sempre quis entender muito mais do que achava que já tinha entendido. Sempre quis, de certa forma, ter o controle de coisas, que hoje, percebo, não faz sentido para muitas coisas.

#AmorPróprio, #Família, #Trabalho, #Amigos e #Amor (relacionamento) estão entre os pilares sobre os quais costumo refletir muito. Sempre quis entender minha posição nesses pilares.

Não sei como é para você que está lendo isso agora. Não sei também se você já sentiu necessidade de refletir sobre isso. Mas, o fato é eu passei este ano todo pedindo a Deus um sentido diante destes cinco pilares.

De certa forma, quando fui diagnostica com o câncer, entendi várias coisas. Quase que imediatamente… O diagnóstico está trazendo as respostas que sempre pedi. E por tudo isso NUNCA me revoltei com o diagnóstico. Nunca me perguntei “Por que eu?”. Pedi e peço a Deus para compreender “o que” e “como” tenho que aprender com este processo.

Entendi, e acho que vou entender ainda mais, que o meu câncer – da forma como veio – vai ser a grande virada de vida que eu há tanto tempo buscava. Já percebo muitas mudanças em mim … e estou super receptiva às mudanças.

E por tudo isso que vou abordar, de várias formas, esses pilares aqui no blog, haja vista que eles – associados as questões emocionais – resultam em qualidade de vida.

💛