Dirigindo por aí …

Oieeee

Tudo bem?

Por aqui tudo caminhando. Amanhã faço a minha última quimio da fase branca e dia 28/1 início a fase vermelha. Serão mais quatro (quinzenais) com cirurgia prevista para abril 🙌🏻 🙌🏻.

Hoje eu fiz uma foto e lembrei e registrar aqui que sim, eu continuo dirigindo!

Por vezes acho curioso quando as pessoas perguntam, mas ok, eu consigo entender, já que no início eu não consegui!

Nas duas primeiras semanas eu tremia muito e sentia tonturas. E por isso achei mais prudente não dirigir! Fiquei com medo na verdade!

Aos poucos fui dirigindo em lugares próximos e hoje em dia dirijo por tudo! Claro que, no dia pós quimio e quando sinto que não estou bem fico quieta – mas acredito que qualquer pessoa haja assim!

O que passei a fazer e que não é recomendado é ir e voltar dirigindo das quimios. As últimas 4 fiz isso. No começo fiquei meio assim porque o medicamento da muito sono, mas, ao avisar na clínica que eu faria isso, elas trocaram a ordem do medicamento e tomo o que da muito sono logo no início! Assim durmo e no final da quimio eu fico mais um pouquinho por lá, faço mais um lanche e depois venho embora.

Eu queria liberdade pra mim e para os que seguem me acompanhando/ajudando! Percebi que “mudava” a rotina sempre de alguém. E pensei: será que eu consigo? A primeira fiz sem falar nada a ninguém. Só contei depois que deu tudo certo. Ok, sei que é loucura. Não recomendo. Mas, coloquei na minha cabeça que conseguiria. E deu certo! Aí fiz a segunda, ganhei mais confiança e hoje vou sabendo que consigo fazer! Venho bem de boa. Meu carro é automático e isso, com certeza, ajuda muito!

Ao longo do meu tratamento fui me testando em tudo. No início fiquei bastante grilada em perder minha autonomia (foram 20 anos assim), entretanto, fui descobrindo que o câncer é uma sentença de vida e não de morte.

E assim fui descobrindo que poderia ficar mais sozinha em casa (atualmente só tenho companhia no pós quimio, os demais dias fico sozinha de dia e de noite), trabalhar, estudar, praticar atividade física, entre outras coisas, dirigir.

Não sei se é meu jeito de ser (teimosa e destemida), mas aos poucos fui validando o que tinha vontade de fazer. E confesso: é transformador! É libertador!

É isso minha gente! Abaixo a foto que inspirou esse post!

Beijo grande

Sigo firme, forte e muito confiante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s